sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Como é bom ser o gato!

Como é boa a vida do gato, né? Vc acorda, se espreguiça e lá está seu pratinho posto. Um golinho d'água pra matar a sede. Dormiu bem? Como não? Eu sou tão molinho que todo meu corpo se ajusta à caminha de forma mais que perfeita. 100% de mim está ali, pesando integralmente no chão, de forma que se eu fechar os olhinhos eu quase sentiria poder voar. Por isso mesmo dá aquela preguiça vez em quando, os olhinhos vão fechando, meu corpinho relaxando. Mal sabem eles, mas aprendi a meditar desde cedo. É isso que faço qdo paro no meu tapetinho, no umbral da porta, e fico olhando pra fora, me fingindo de decoração. Eu sou assim uma obra de arte, tenho movimentos elegantes e minha única obrigação é "espalhar a beleza por onde eu passar". O que não é lá muito difícil! No final do dia, lá está minha mãe mais querida do mundo pra me encher de beijos, coçar minha barriga, me dar apertos e dengos. E cof! cof! cof! uma bola de pêlos. É o que temos, fazer o que? Vida de dengos e naninha, essa é a minha! É ou não é muito bom ser o gato?

7 comentários:

Lia Lee disse...

Uma maravilha ser o gato...

Nhém disse...

Prrrrrrrrrrrrrrrrrum...

Demian disse...

Nhém, foi pra vc! hahahaha

FOXX disse...

menino, quéesso?
vc postando de novo?!
até tomei um susto qndo vi q vc tinha atualizado!

Demian disse...

FOXX, meu querido... Poisé... Eu demoro mas volto!!! Sempre!!! Saudades de vc...

S.A.M disse...

Sumidão!

Saudade

Demian disse...

Fala SAM. Pois é... muita Vida Própria... rs... Mas tá valendo...

Td bem contigo?