segunda-feira, 27 de abril de 2009

Private club

Há alguns dias depositaram uma sementinha aqui dentro. Uma sementinha estranha e que, vamos ser claros, não desceu nada bem. Ela se instalou lá dentro feito um protozoário e desde então germina e cresce silencisamente. Dela só conheço os poucos estalos dos galhos que vez ou outra encontram algum órgão pelo caminho, precisando torcer-se e empurrar aqui e ali para conseguir seu espaço. A sementinha despertou algo bem confuso e complicado, interrompeu o caminho natural das coisas e, de uma forma, despertou também uma adolescência confusa e insegura. Dessas inseguranças que se interpõem à todos os incômodos havidos até então. Tirou-me o chão e a estabilidade e, desde então, mais pareço um ser perdido e incerto, errante pelas ruas afora. O curioso é que a cada passo, pareço mais um marionete de mim mesmo, tendo os hábitos e caminhos vigiados por um olhar invisível. De início até tentei contar a algumas pessoas, como se assim pudesse me desfazer um pouco desse encargo. É algo triste recorrer às pessoas, pois poucos tem a resposta certa que queremos ouvir. No mais, são lamentos e I'm sorrys distribuídos a toda sorte. Só muito raramente alguém dá aquela resposta certa de que vc necessita. Fuck! Fuck at all! Se a situação tá uma merda, qual o motivo para sorrir? Eu tentei ser otimista, mas como isso é possível? Não é! E pronto! Portanto, confesso, isso é um desabafo tão puro e livre que não aguarda mais respostas! Fato é que, nessas horas, a única coisa certa e simples é a razão de tudo. É a razão de continuar tentando e enfrentando tudo isso! Findas as máscaras e superficialidades, o que pulsa lá dentro e tão profundo a ponto de enfrentar a semente e seus ramos? Qual é aquela base sólida e indestrutível a que ninguém terá acesso? Essa é a salvação milagrosa e a perpetuidade da vida. Essa é a resposta e a ação imediata. Nada mais importa, senão aquilo que só você carrega e pode dizer a respeito. Eu sempre fui um sujeito reservado apesar do estilo boa praça. Sempre me condenei por não conseguir ir além e expor com clareza aquilo que nunca encontrei definição para contar.

E, a bem da verdade, se é preciso dizer, uma coisa percebi: isso é único e pessoal. E é o que posso dizer! Sortudos os que tem alguma pista!

5 comentários:

Lia Lee disse...

Nossa, ótima sintese de todos os papos de ontem!
E, meio que parafraseando, lhe digo: ooooouuuuuooooouuuoooouuu, me deixa ser infeliz que todo esse otimismo DÓI!

fale com ela disse...

Opa! Pra continuar essa prosa só com umas geladas e três maços de cigarro. É fato.

Lili Cheveux de Feu disse...

voce comeu uma uva com semente e tudo, foi isso? rs.

ai ai, se tudo nesta vida fosse fácil, né?

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,